14

Reflexões

“Olhas-me como se fosse o teu tudo,
tu sonhas com a mudança mas amas-me porque eu não mudo.
Andas à minha procura mas quando eu entro tu sais,
esperas-me eternamente, mas sabes que eu não venho mais.
Criticas-me por ser pesado mas sei que detestas  o que é leve,

a noite vence o dia como o fogo entra na neve.
Estás confusa, perdida, no caos de toda a ordem,
o mal completa o bem como a mulher completa o homem,
nesta vida o que se perde primeiro é a esperança,
já fomos a mesma criança, agora dançamos outra dança.
Sentimentos mal definidos ou certeza do que não se sente
balançando distorcido entre o frio e o quente.
(…)
Se há alguém a quem eu conto tudo esse é o meu caderno,
desejo o céu mas provoco, inocentemente, o inferno.
(…)

No fundo eu não sou nada,

mas todas as respostas que eu procuro,

eu encontro-as dentro de mim.”

Xeg – Intro 

(álbum Ritmo e Poesia)

sjdnklxakijd

30

Artista: Cat Power

imagem

Charlyn Marie Marshall, conhecida como Cat Power (nome artistico) é uma cantora e compositora americana.

Cat Power – Maybe Not

“We all do what we can
So we can do just one more thing
We can all be free
Maybe not in words
Maybe not with a look
But with your mind”

Cat Power – Good Woman

“I don’t want be a bad woman
And I can’t stand to see you be a bad man.
I will miss your heart so tender
And I will love this love forever.

And this is why I am leaving
And this is why I can’t see you no more.
This is why I am lying when I say
That I don’t love you no more.”

Cat Power – Free

“Don’t be in love with the autograph
Just be in love when ya love that song”

Cat Power – Dreams

“When I feel blue in the night
I want you to hold me tight
Whenever I want you
All I have to do is dream

I can make you mine
Taste your lips of wine
Anytime night or day
Only trouble is, gee whiz
I’m dreaming my life away”

Cat Power – I don’t Blame You

“Just because they knew your name
Doesn’t mean they know from where you came
What a sad trick you thought that you had to play
But I don’t blame you”

sjdnklxakijd

19

Banda: Wintersleep

imagem

Banda canadiana de indie rock formada em 2001. Composta por Paul Murphy (bateria e guitarra), Loel Campbell (guitarra e voz) Tim  D’eon (guitarra e teclado), Jon Samuel (teclado, vocal e guitarra) e Mike Bigelow (baixo e teclado).

Na minha opinião, uma banda excepcional com letras fantásticas que valem a pena ser lidas.

Wintersleep – Listen 

“And even if the words don’t sound right,
I will love you till the day my heart dies,
till the day my heart dies.

And even if this ain’t the right light,
you’re prettier than anything,
(…)

There’s something in the way our lips touch,

there’s something in the way we’re stuck together
and they don’t build love like that no more.”

Wintersleep – Sore

“you’ve been awake all morning
trying to tell me something
i know you are
scared

you can tell me everything i wouldnt care
you know that i’ll always be there
right by your side no matter what
no matter what”

Wintersleep – Early in the Morning

“Early in the morning
Animals are whispering
Thought I felt a feeling
Could have been the Valium
Staring through a candle
Staring through the people
Hiding in our shadows
Swearing we will not grow old

(…)

How you gonna lie to yourself?
How you gonna lie?
How do we forget ourselves?
How do we forget our minds?

(…)
I say it loud and clear
Don’t know if I believe it
Tonight I want your body
Don’t give a fuck about your spirit

(…)

I can feel your fingers close
I can feel your falling clothes
Tell me that there’s nothing”

Wintersleep – Search Party

“Are you waiting for a miracle?
Are you waiting for a lightning bolt?
Are you waiting like a paranoid little boy?
Are you ever gonna come back home?
Do you really think the sky is falling?
How you ever gonna pick up the pieces?
Do you really think that anybody will listen?
Do you really think that anybody will notice?

(No way, no way, no way no way, no way, no way)”

Wintersleep – Faithful Guide

“I wanted to go with you
to be right by your side
so I could steer the vessel
so you could rest your eyes
I wanted to go with you
to be your faithful guide”

Wintersleep – Fog

“These broken arms won’t hold you down

These ruptured lungs won’t make a sound
These syllables won’t bring you back,
Won’t stitch the holes, no bones intact

and I can’t pretend that you were there
and I can’t pretend I held your hand
and I miss your smile
I miss your smile
I need you now
I need you now”

sjdnklxakijd

15

Artista: Ben Harper

imagem

Ben Harper nasceu em Califórnia. Aprendeu a tocar guitarra quando era criança. E em 1993 lançou o seu primeiro album intitulado “Welcome To The Cruel World”.

Ben Harper – Please Bleed

“Good lovers make great enemies

Please bleed
So I know that you are real
So I know that you can feel
The damage that you’ve done
Who have I become
To myself I am numb”

Ben Harper – Forever

“People spend so much time
Every single day
Runnin’ ‘round all over town
Givin’ their forever away
But no not me
I won’t let my forever roam
and now I hope I can find
my forever a home
So give me your forever”

Ben Harper – Better Way

“everyone i know
is in the fight of their life

take your face out of your hands
and clear your eyes
you have a right to your dreams
and don’t be denied

i believe in a better way”

Ben Harper – Waiting For You

“I keep hearing your name
Nothing else sounds the same
As hearing your name”

Ben Harper – Walk Away

“With so many people
To love in my life
Why do I worry
About one

But you put the happy
In my ness
You put the good times
Into my fun
And it’s so hard to do
And so easy to say
But sometimes
Sometimes you just have to walk away
Walk away
And head for the door

(…)

They say if you love somebody
Then you have got to set them free
But I would rather be locked to you
Than live in this pain and misery”

sjdnklxakijd

44

Banda: First Aid Kit

imagem

Dupla sueca, composta pelas irmãs Johanna e Klara Söderberg, que começaram a compor as suas músicas em 2007.

Tudo começou após terem publicado uma cover dos Fleet Foxes no youtube que foi um sucesso, em 2008. Dois anos depois, estavam a gravar o primeiro album “The Big Black and The Big Blue”.

First Aid Kit – Hard Believer

“I just live because I love to and that’s enough you see
So don’t come preach about morality that’s just human sense to me

(…)

And it’s one life and it’s this life and it’s beautiful”

First Aid Kit – Emmylou

“Now so much I know that things just don’t grow
If you don’t blessed them with your patience
And I’ve been there before I held up the door
For every stranger with a promise

(…)

And yes I might have lied to you
You wouldn’t benefit from knowing of the truth”

First Aid Kit – The Lion’s Roar

“Well I guess sometimes I wish you were a little more predictable
That I could read you just like a book
For now I can only guess what’s coming next
By examining your timid smile”

First Aid Kit – To a Poet

“Now I miss you more than I can take
and I will surely break
And every morning that I wake
god, it’s the same
(…)
And how apparent it all becomes
that you’re not close, not even near
(…)
But Frank put it best when he said
“You can’t plan on the heart”
Those words keep me on my feet
when I think I might just fall apart”

First Aid Kit – Our Own Pretty Ways

“Even the most peaceful town
Once was a battle ground
Well we all change in our own ways
In our own pretty ways”

sjdnklxakijd

20

Sugestão: Músicas Portuguesas – Parte 4

Mariza – Primavera

“E condenaram-me a tanto
Viver comigo meu pranto
Viver, viver e sem ti
Vivendo sem no entanto
Eu me esquecer desse encanto
Que nesse dia perdi”

Miguel Araújo e Inês Viterbo – Balada Astral 

“E eu que pensava
Que ia só comprar pão
E tu que pensavas
Que ias só passear o cão
A salvo da conspiração

Cruzámos caminhos
Tropeçámos no olhar
E o pão nesse dia
Ficou por comprar”

Mundo Cão – Ordena que te Ame

“Entrei no teu jogo, Como um Louco
Fui ingénuo e tu tão fatal

Joguei-me todo e foi tão pouco
O amor é o teu instinto mais cruel

Enquanto te sigo melhor me faço o teu troféu

Entrei no teu jogo como um louco
Eu sou o teu escravo mais leal

Ordena que te ame
E odeia quando falho
mas usa, abusa de mim
e eu serei feliz até ao fim”

Clã – Problema de Expressão

“O teu mundo está tão perto do meu
E o que digo está tão longe,
Como o mar está do céu.

E é tão difícil dizer amor,
É bem melhor dizê-lo a cantar.
Por isso esta noite, fiz esta canção,
Para resolver o meu problema de expressão,
Pra ficar mais perto, bem mais de perto.
Ficar mais perto, bem mais de perto.”

Miguel Gameiro – Já Não Canto Essa Canção

“Levaste o meu futuro contigo

Como se eu fosse um passado qualquer

Levaste-me a estrada e o caminho

Onde eu me queria perder

(…)

Mas neste quarto em silêncio

Eu já não te espero mais”

José Cid – O Pintor Não Morreu

“Na minha última viagem,

Deitem as cinzas ao mar.

E avisem os meus amigos

Que se embebedem por mim.

Na caixa onde me levam

Que seja feita com telas

Que os meus olhos inspirem sublimes aguarelas.

(…)

Na minha última viagem,

Gritem para o céu:

«Viva à sua obra, o pintor não morreu».”

sjdnklxakijd

33

Banda: Kings of Convenience

artist's banner

Imagem

Kings Of Convenience é um duo norueguês folk-pop indie. Composto por Erlend Oye e Eirik Glambek Boe.

Kings of Convenience – 24 25

“What we built is bigger than the sum of two”

Kings of Convenience – Me in You

“There’s a little bit of me inside you
Gathering what you’ve lost “

Kings of Convenience – Failure

“Failure is always the best way to learn,
retracing your steps ‘til you know,
have no fear your wounds will heal”

Kings Of Convenience – Renegade

“When thoughts
Had outnumbered spoken words
In the early hours
We failed to establish
Who was hurt
Most”

Kings of Convenience – Mrs. Cold

“You were fronting because
You knew you’d find yourself vulnerable around me”

sjdnklxakijd

21

Sugestão: Músicas Portuguesas – Parte 2

Pólo Norte – Deixa o Mundo Girar

“Quantas vezes vais olhar para trás
Estás preso a um passado que pesou
Quantas vezes vais ser tu capaz
Fazer sair quem por engano entrou

Abre a tua porta
Não tenhas medo
Tens o mundo inteiro
À espera para entrar”

Pedro Abrunhosa – Eu Não Sei Quem Te Perdeu

“E pediu-me
Que lhe levasse o medo,
Eu disse-lhe um segredo:
“Não partas nunca mais”.

(…)

E uma asa voa
A cada beijo teu,
Esta noite
Sou dono do céu,
E eu não sei quem te perdeu.”

Ornatos Violeta – Ouvi dizer

“E ao que eu vejo,
Tudo foi para ti
Uma estúpida canção que só eu ouvi!
E eu fiquei com tanto para dar!
E agora
Não vais achar nada bem
Que eu pague a conta em raiva!
E pudesse eu pagar de outra forma!

Ouvi dizer que o mundo acaba amanhã,
E eu tinha tantos planos pra depois!
Fui eu quem virou as páginas
Na pressa de chegar até nós;
Sem tirar das palavras seu cruel sentido!
Sobre a razão estar cega:
Resta-me apenas uma razão,
Um dia vais ser tu
E um homem como tu;
Como eu não fui;
Um dia vou-te ouvir dizer:
E pudesse eu pagar de outra forma!”

The Gift – Primavera

“E se inventado, o teu sorriso for
Fui inventor
Criei um paraíso assim

(…)

Hei-de te amar, ou então hei-de chorar por ti
Mesmo assim, quero ver te sorrir.”

Xutos e Pontapés – O Homem do Leme

“E mais que uma onda, mais que uma maré

Tentaram prendê-lo impor-lhe uma fé
Mas, vogando à vontade, rompendo a saudade
Vai quem já nada teme, vai o homem do leme

E uma vontade de rir, nasce do fundo do ser
E uma vontade de ir, correr o mundo e partir
A vida é sempre a perder”

32

Os Amigos

“Dizem que a família não se escolhe. Não questionando a gritante evidência de tal afirmação, acrescento que não é só a família que não se escolhe. Acredito que no caso de alguns amigos o mesmo também acontece. Há amigos que surgem quando menos se espera: são-nos apresentados, oferecidos pelo destino na mais inusitada das ocasiões, como numa guerra entre ruas na nossa criancice, pré-adolescência. Quem diria que o miúdo com quem ia andando à porrada há mais de vinte anos seria ainda hoje um dos meus melhores amigos? Por outro lado, a partir de uma certa idade, deixamos de fazer amizades porque vai sendo mais difícil partilhar as nossas idiossincrasias, porque a paciência é cada vez mais reduzida – enfim, porque sim. Também se diz que os amigos são para os bons e maus momentos, mas eu eu sou mais o amigo dos maus momentos. Se o meu amigo estiver doente, é certo que eu vou vê-lo. Se comemora o aniversário, celebra uma qualquer data importante, ou mesmo se se vai casar, aí já não é tão certo que apareça, como já aconteceu um par de vezes. E eu tenho a plena e dolorosa consciência de que tenho faltado a demasiados momentos ao longo dos anos.
Eu estou a mudar lentamente, mas há certas coisas que nunca irão mudar. Eu nunca vou gostar de estar com muita gente no mesmo lugar.”
Algodão – Os amigos

41

Sugestão: Músicas Portuguesas – Parte 1

Tiago Bettencourt – O lugar

“Mas onde tudo morre tudo pode renascer

(…)

Na cidade que há em ti
Encontrei o meu lugar
É em ti que vou ficar.”

Rui Veloso – Fado do Ladrão Enamorado

“E se alguem perguntar
Dizes que eu a comprei
Ninguem precisa saber
Que foi por ti que a roubei

(…)

Por isso põe a gargantilha
Porque amanhã é domingo
E eu quero que o povo note
A maneira como brilha
No bico do teu decote”

João Pedro Pais – Sempre Hoje

Se quando tu voltares,
Se for já muito tarde,
Se eu não for capaz de perguntar
Porque demoraste.

Então deixa que te diga
És tudo o que me resta.
A noite espera comigo
Por outra noite como esta.

(…)

Haja o que houver, vou continuar
Tudo o que faça lembrar de hoje.
És sempre hoje.”

Márcia com JP Simões – A pele que há em mim

Quando o amor se acabou
E o meu corpo esqueceu
O caminho onde andou
Nos recantos do teu
E o luar se apagou
E a noite emudeceu
(…)

Mas a mágoa não mora mais em mim
Já passou, desgastei
Para lá do fim
É preciso partir
É o preço do amor”

Virgem Suta – Ficou tanto por dizer

Gastamos horas
Com conversas vãs
Enquanto o principal
Por capricho dos dois
Deixámos sempre p’ra depois

Quantas vezes
Os ‘nãos’
Escondiam um ‘sim’
E quantas vezes
A distância
Me tornou deserto
E te desejei
Ao pé de mim”

Silence 4 – Eu não sei dizer

“Quem te disse, coisas tristes

Nao era igual a mim
Sim, eu sei, que choro
Mas eu posso, querer diferente pra ti

Eu nao sei…
Tanto, sobre tanta coisa
Que as vezes tenho medo
De dizer aquelas coisas
Que fazem chorar
E nao me perguntes nada
Eu nao sei dizer…”